quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Felicidade


Preciso de outra pessoa para ser feliz? Sim! Eu mesmo escondido nas velharias das preocupações e na poeira do stress cotidiano. Depois de retirado dali, sorrisos se abrirão, felicidade exalará de mim, amores procurarão meus braços para se aninhar e as línguas malditas e os olhos grandes dos invejosos cairão por terra quando a minha felicidade passar alegórica em cima do carro abre-alas cantando o novo samba-enredo da minha vida: SOU FELIZ,  E DAÍ?

Nenhum comentário:

Postar um comentário