quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Planos

Sonhei, fiz planos, tracei metas. Esperei, esperei, ora ansioso, ora nervoso, no aguardo de que tudo desse certo, e não mais que de repente, numa dessas peças que o destino tende a pregar, as coisas mudaram de uma forma assustadora. A segurança que havia nas metas traçadas se converteu em medo. Medo de ousar, de pisar no desconhecido, de me machucar.
Mas a vida é assim, uma tempestade em alto mar na qual a sobrevivência é o que importa. Sair ileso mesmo que com algumas marcas. Marcas são importantes para não esquecer o que sofreu ou o que viveu, e nem sempre viver é sofrer e vice-versa. Então, se tudo mudou tão bruscamente é que Deus quer apenas que seja feita a Vontade Dele antes da minha. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário