sexta-feira, 23 de março de 2012

Happiness


Mereço ser feliz sim, do meu jeito tonto, torto, mesmo minha vida não sendo um exemplo desses que se usam em livros de autoajuda. Melhor não servir como modelo mesmo, não quero alguém quebrando a cara nos ambientes inóspitos que às vezes meus pés pisam, muito pior seguindo-me pelos lugares bons, porque a felicidade é individual e cada um carrega a sua porção e sabe aquilo que lhe faz bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário