sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Falta-nos coragem

Falta-nos coragem. Simples assim. Estamos acostumados a deixar a nossa louça na pia à espera que algum bom samaritano as lave. Esperamos que em meio a uma multidão alguém olhe e veja em nós uma beleza ou especialidade escondida, da qual não temos certeza se temos ou deu preguiça de por pra fora. Acomodados a viver das migalhas alheias, das sombras ostentosas de outrem, de pegar carona no brilho que irradia por perto, mas sem nunca ter os holofotes virados pra si.
Falta-nos coragem. Aquela coragem que nos leva pra frente, que nos tira dos bancos do comodismo e nos fez pensar e visualizar o novo, o longe e o por vir. Falta-nos coragem, falta-nos viver. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário