Saindo de si...

Ao olhar determinadas fotos antigas a gente se depara o quanto a gente mudou e o quanto as coisas também se modificaram ao nosso redor. Os amigos de outrora são apenas meros conhecidos de uma época remota. O nosso gosto mudou, as nossas influências também. O menino calado que tirava foto sério deu lugar a um homem que adora mostrar o sorriso, mesmo em momentos difíceis. A mudança é um fator biológico que nos move, mesmo que a gente não perceba isso com clareza. Mudar é preciso. Mudar-se de si é necessário. 

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A gata e o periquito: Uma fábula de amor

O olhar do menino

Caetano não é pra high-techs