sábado, 1 de fevereiro de 2014

Amar é mais...


Ficamos assustados quando aquelas mágicas palavras são novamente pronunciadas endereçadas pra nós, não sendo de forma banal: “eu te amo” dizem elas. Três palavras que juntas carregam uma grande responsabilidade. Amar alguém faz bem, é lindo, mas requer de nós que amemos antes a nós mesmos de tal maneira e com tanta grandiosidade de modo que esse imenso amor não suporte habitar somente o nosso corpo e nossa alma apenas e encontre em alguém a moradia para repousar seus dias. Não é utópico, é real. Desse modo, quem assim não consegue fazer que se resguardasse a pronunciar essas palavras, um “eu gosto de você” não carrega tantas responsabilidades embutidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário