terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Fica

 
Uma palavra apenas era o necessário para que tudo mudasse. Uma só, carregada de sentido, sem grandes interpretações e interpelações, mas que saísse de sua boca, que tivesse a sonoridade da sua voz. “Fica”... Espero que um dia ela possa sair do território dos meus pensamentos e materializar-se em meus ouvidos, como um pedido, uma prece, um desejo, uma vontade nossa e um pedido seu escondido entre o sacrilégio que é o querer desamar quando o amor já é mais e quando se desvela com palavras comuns e cheias de significados, por exemplo, quando os bons dias são apelos, quando as boas noites são desejos de quero estar com você agora, e quando o verbo FICAR conjugado na minha pessoa se torna um desejo realizado em mim, em nós, em tudo. Fico. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário