sábado, 27 de outubro de 2012

Eu odeio amar você


Não sei se amo o fato de te odiar ou se odeio o fato de te amar, o que sei realmente é que dentro dessa bagunça que chamam de coração há esses dois sentimentos, e eles são direcionados pra você como a mira da arma de um matador de aluguel.
Como eu queria que meus sentimentos de ódio fossem balas de um 38 e te atingissem em cheio quando me tratas com indiferença, mas sei que se tais balas te achassem de verdade, os sentimentos de amor fariam com que discasse 192 e chamasse a ambulância para lhe prestar socorro. Tenho certeza que ao lembrar tantas coisas incríveis que passamos juntos, estaria falando com a enfermeira do SAMU com as mãos no telefone lavadas de lágrimas de arrependimento. 
Droga! Não tem jeito, eu odeio amar você. 

Júlia Siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário