domingo, 1 de setembro de 2013

Ele e ela

Ele estava sentado lendo as notícias do dia como normalmente fazia todas as manhãs. Ela estava na cama, deitada, tentando encontrara forças para levantar e sem ânimo para continuar dormindo devido aos raios solares já se espalhando pelo quarto. Ele saiu de casa e foi trabalhar, começar a rotina diária com o pensamento apenas de voltar pra casa logo mais. Ela estava de folga aquele dia e resolveu se exercitar, minutos depois, porém desistiu da ideia e resolveu dar um passeio sem nenhum destino específico. Ele tomava um café enquanto tentava se concentrar com os papéis acumulados no dia anterior. Ela sentava-se na orla e pôs se a olhar o mar. Ele teve que sair do escritório e resolver algo no banco, pegou o carro e ficou preso em um engarrafamento na avenida principal. Ela saiu da orla e pegou o trânsito caótico daquela hora. Pensaram o que haveria de fazer. Ele abaixou o vidro do carro pra pegar um ar. Ela abaixou o vidro do carro pra gritar uma velha conhecida que passava na calçada e não a via há anos. Mas os olhos se cruzaram com o rapaz ofegante puxando o nó da gravata e buscando um pouco de ar puro. O rapaz via uma moça linda de olhos verdes tentando gritar alguém que não a ouvia. Riram um pro outro. Um riso condescendente, tímido e porque não apaixonado. Quem quer que os vissem diria o mesmo...  


Nenhum comentário:

Postar um comentário