terça-feira, 1 de outubro de 2013

Procurando no lugar errado

Uma coisa eu aprendi nessa vida, não se acha aquilo que se quer quando a procura no lugar errado! Acaso se acha diamante em livraria? Ou óculos de grau em padaria? Então por que achar o amor da vida (ou de parte dela) em qualquer lugar. Tá, entremos no mérito da discussão piegas e monótona daqueles que acham que os amores surgem de lugares inesperados – coisa da qual não discordo - , mas é necessário entender que isso é uma exceção e não uma regra. O amor, o amado, a paixão, a garota, o cara, o bater forte e descompassado do coração e as mãos frias e úmidas só irão acontecer quando se estiver aberto pra realmente viver isso, e não apenas na tentativa a ermo de que as coisas magicamente aconteçam, e os astros, num impasse zodiacal fantástico nunca visto antes, vá juntar seres que se procuram em lugares inapropriados. Acordemos desse sonho.

Júlia Siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário