quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Talvez...



Mudei. Mudamos. Seguindo direções contrárias, tornando-nos hoje meros desconhecidos como se uma amnésia acometesse os nossos cérebros no mesmo instante. Desconhecemos o que nos tornamos, desconhecemos o que somos agora. Amigos? Não. Amigos se procuram e nós nos rechaçamos. Repelimos a nossa presença que se torna insuportável até quando juntos. Afastamos desejos incompletos, não finalizados. Afugentamos palavras, ações, gestos. Desviamos os nossos olhares que cismam em se encontrar numa rua lotada em dia de segunda-feira, desviamos as nossas rotas, metas, trajetórias. Melhor assim, eu acho. Mudei. Mudamos. Talvez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário