quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Sobre saudade



Somos e seremos eternamente saudosos. Sentimos saudades do que nós fomos, daqueles com que nos relacionamos, de quem amamos de verdade. Talvez isso seja o grande mistério da humanidade, a capacidade de sentir falta do outro, de entender que precisamos de alguém e que a sós não faremos muita coisa. Essa incompletude do ser humano nos faz únicos, sempre procurando e sentindo falta de algo maior e de alguém. Buscamos saber se pensam em nós, se sentem a mesma falta que sentimos, se falam de nós. Buscamos no outro o complemento do que somos, e quando longe sentimos saudade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário