sábado, 6 de setembro de 2014

Pensar demais

De todas as lições de vida do mundo a que mais custo a aprender é aquela que dá conta de que as pessoas são reflexo de suas vivências particulares e não se pode exigir de alguém aquilo que ela não tem a oferecer. E isso me faz sofrer. Primeiro, porque tenho essa mania, quase que psicopata, de querer que os outros não façam coisas que abomino. Mas elas fazem.
E esse não querer, perpassa por outro defeito (sim, defeito!) de superproteger quem eu gosto. E isso me leva a desgostar, faz com que as pessoas comecem a morrer em doses homeopáticas dentro de mim. E vejo que sou egoísta, porque não quero pessoas que vivam e sim sejam um reflexo dos meus anseios, que por hora não são atendidos. Mas aí paro para pensar se todas as minhas atitudes são coerentes com o modo de vivência do outro e percebo que refletir e ponderar demais sempre nos leva a enxergar que somos apenas imbecis querendo a todo custo acertar da maneira errada. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário