segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Eu e você


Segure a minha mão direita bem forte e me leve pra algum lugar que não seja aqui, que não tenha ninguém, que me baste você, que só baste a nós, que só exista nós. Um lugar secreto, nosso, que só a gente sabe o nome, o apelido e a estrada a se tomar. Que tenha apenas o som das nossas vozes, dos nossos beijos, o barulho das gargalhadas de algumas bobagens por vezes pronunciadas e talvez o ruído do mar, o barulho que o vento faz quando balança as árvores, dois passarinhos na janela cantando pra gente.
Mas antes preciso de sua mão entrelaçada na minha, dedos unidos cruzando-se, olhares, sorrisos, eu, você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário