segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Pontos finais e pontos de seguimento


Não acredito que a morte é o ponto final que encerra a história, prefiro o entendimento de que as pessoas que vão permanecem em nós e na capacidade que temos em rememorar momentos, conversas, risadas, datas e outras tantas coisas.
Quando me lembro dos que foram dessa vida é como se os visse olhando pra mim lá de cima e com uma piscadela de olho malandra e um sorriso nos lábios me dizendo: - Agora é com você! Então compreendo que o ponto final, que pra muitos é a morte, não passa de apenas um ponto de seguimento. Na outra linha, afastado da margem, com letra maiúscula se constrói um novo argumento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário