sábado, 29 de outubro de 2011

Daquele pensamento em diante...


Imaginei-me tendo uma vida diferente dessa que eu vivo e sendo obrigado a consertar coisas feitas nessa que vivo agora. Promessas não cumpridas, abraços negados, beijos renegados, alegrias não distribuídas. Eu era obrigado a passar a massa corrida nas paredes mal rebocadas destruídas pelos meus acessos de ira. Mas eu não conhecia as pessoas, não me sentia pertencendo aquele lugar queria voltar e consertar as coisas ao meu jeito e assim fiz. Daquele pensamento em diante, resolvi não vislumbrar a oportunidade de outra vida para mudar as coisas que fiz nessa. Tentei viver essa não como se fosse a última, mas como se fosse a única. E assim aprendi a pensar mais antes de falar, ser o primeiro em tudo, ser o primeiro a entregar os trabalhos na faculdade, ser o primeiro a dizer “eu te amo”, ser o primeiro a sorrir, a querer o beijo, a rir das minhas infelicidades.
 Daquele pensamento em diante resolvi mudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário