quinta-feira, 27 de outubro de 2011

A lição da borboleta



Aprendi com a borboleta que todos nós temos os nossos dias de lagarta. Corremos folha por folha fugindo daqueles que a querem se ver livre de nós. Andamos devagar, quase parando, enquanto muitos correm quase que tropeçando ou pisando em nós. Aprisionamo-nos em lugares fechados, escuros e esperamos pacientemente o momento em que possam enxergar a nossa verdadeira beleza e por fim nos libertamos. A couraça monocromática que nos fechava agora não existe mais. Ela foi colorida pela beleza de nossas lindas asas. Passamos a ser admirados, todos querem que nós pousemos em suas mãos e proporcione momentos de êxtase e alegria. Estes, são aqueles mesmos que tropeçavam, chutavam e queriam se ver livre de nós. Mas demos uma lição maior. Um dia você é lagarta outro você pode ser borboleta. Essa é a lição da metamorfose.

Nenhum comentário:

Postar um comentário