segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Reticências

Pense mais nos outros, ame mais a vida, distribua mais sorrisos, estenda mais as suas mãos, se coloque mais no lugar dos outros e não faça nada para não magoar ninguém. Prefira escadas a elevador. Ouça o canto de um passarinho ao amanhecer, e observe a alegria com que ele recebe cada início de dia. Ande descalço, tome banho de chuva, pegue na terra, pise na grama molhada. Quando tiver tempo, observe as formigas, como são unidas e determinadas. Brinque de descobrir desenhos em nuvens, observe o vôo de um pássaro.
Tenha pelo menos um cachorro e entregue-se a todos os momentos em que estiver com ele,e você verá que ele é realmente seu verdadeiro amigo,é o que mais se alegra com a sua chegada,e o que mais se entristece com a sua partida.Também tenha periquitos e papagaios,esses serão seus amigos mais brincalhões!
Quando o seu coração bater bem mais forte por alguém, mergulhe de cabeça nesse sentimento, e não tenha medo de se machucar, as coisas só acontecem quando tem que acontecer. Ame essa pessoa com toda força que você possui, mas ame com o coração,e esqueça um pouco a razão se quiser realmente ser feliz!
Escolha um dia para ir passear com seu cachorro na praia, e leve também uma criança; nesse dia você vai fazer um retiro, e aprenderá duas coisas: a primeira é que você perceberá como é bom ser amado, não importa de que lado venha esse amor, e a segunda é de como é bom amar e fazer os outros felizes!
Numa tarde de outono, vá a beira de um rio, olhe para o céu e sinta o vento tocar seu rosto. Tenho certeza que nesse momento você vai sentir uma enorme paz dentro de você e desse dia em diante sempre repetirá esse gesto. Passe a olhar mais nos olhos das pessoas dê mais abraços, olhe para o céu todas as vezes que se sentir sozinho, e observe aquele imenso azul ao seu redor, você se sentirá melhor. Quando estiver desanimado brinque com uma criança pegue em sua pequena mãozinha, elas possuem o poder de nos revitalizar.
Quando chorar, saiba o porquê de estar chorando,e se souber,pergunte a si mesmo se vale a pena estar chorando, se precisa realmente. Nunca ache que a sua religião vai salvar você de seus pecados, só quem pode fazer isso por você, é você mesmo e a sua espiritualidade.
Ao perder uma pessoa que ama muito, ore por ela. Tenho certeza que ela irá necessitar mais de suas orações do que de tantas lágrimas derramadas. Tenha sempre em sua casa um cantinho onde possa plantar flores e criar pelo menos um pássaro. Quando encontrar um idoso, sorria sinceramente para ele, e o sorriso que você receberá de volta vai renovar a sua alma. Brinque de colorir desenhos, de pular corda, de esconde-esconde, de ciranda cirandinha, de amarelinha, sem se importar com a idade que possui... E você descobrirá ou redescobrirá a criança que existe dentro de você. Desse modo você acabará percebendo a diferença de ser criança e de ser infantil.
Converse mais com Deus, como se fossem as conversas que você tem com aquele seu melhor amigo. Escolha um dia para se fazer de surdo, de mudo e de cego, mas tente fazer isso de verdade. Você verá como cada uma dessas pessoas se sente.
Faça trabalhos comunitários em asilos e hospitais, você sairá de lá renovado, com outro coração. Quando receber um abraço, não seja você o primeiro a soltar os braços.
Cuide e ame todos os seus verdadeiros amigos, e nunca faça nada para magoá-los ou desapontá-los, eles são a nossa segunda família.
E um dia,quando você sentir que é chegada a sua hora,e olhar para trás e recordar tudo o que fez,você irá respirar fundo e partir com a alma leve.E tudo o que você fez um dia,teve um ponto final para você. Mas para aqueles que ficaram tudo isso vai ser deixado como presente de uma pessoa que soube fazer o bem e viveu da maneira mais simples, e foi muito feliz. E aí você, de onde estiver, perceberá que na verdade não foi um ponto final, você deixou reticências...


(Nina Ramos)

Um comentário: