terça-feira, 1 de novembro de 2011

Cicatrizes

Tentei reafirmar a mim mesmo que daria certo. Não se esqueça nunca que tentei, que fiz um esforço enorme para ser enxergado na multidão como aquele figurante que quer aparecer mais que o artista de cinema, mas nada deu certo. Pra dar certo alguma coisa em grupo precisa todos quererem a mesma coisa, aprendi isso nas atividades em grupo das aulas de português, ou senão, você fica sobrecarregado tentando levar consigo a displicência da turma. Só que cansei como já havia cansado quando terminei a escola. A mágica acabou e o circo foi embora. E eu estou indo costurar as entranhas dilaceradas pela sua falta de atenção. É isso mesmo, a faca afiada do seu egoísmo e falta de atenção rasgou-me ao meio como uma autópsia mal feita. Mas deixe estar, procurarei alguém para consertar o estrago, e a cicatriz ah... essa pedirei que deixem, não farei uma cirurgia plástica, afinal preciso carregar em mim o peso que foi a nossa história, pra nunca poder esquecer o quanto fui idiota em acreditar em palavras bonitas, conversas fiadas e atenções disfarçadas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário