quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Duas opções


Abri as portas da minha casa com o intuito de poder ver o sol, mas ele não apareceu hoje. Então, imaginei-o vindo e tirando toda a tristeza que aparenta os dias de chuva. Pintei o céu com o azul costumeiro dos dias felizes, coloquei sorrisos nos rostos das pessoas e felicidade no coração delas. Pendurei passarinhos no topo das árvores e pedi que cantassem, emprestei bolas, gudes e cordas para as crianças brincarem. Imaginação fértil a minha não? Não! Apenas tenho duas opções todos os dias, me acostumar com o que tenho pra cada dia ou mudar fazendo a diferença. Escolho sempre a segunda opção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário